fbpx
TESE DE DOUTORADO: IDEA E ALETHEIA – A CONFRONTAÇÃO DE HEIDEGGER COM PLATÃO <br><br><br><br>

TESE DE DOUTORADO: IDEA E ALETHEIA – A CONFRONTAÇÃO DE HEIDEGGER COM PLATÃO



A NOÇÃO DE IDEIA IMPLICA UMA TRANSIÇÃO EPOCAL NO SENTIDO FILOSÓFICO DA VERDADE, CONSIDERADA NÃO MAIS COMO ALETHEIA, MAS COMO CORRESPONDÊNCIA DO PENSAMENTO À IDEIA, À ENTIDADE DOS ENTES.

Instituição: Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Orientador: Prof. Dr. Marco Antonio Casanova

Ano da defesa: 2013

Banca examinadora:

Prof. Dr. Marco Antonio Casanova (orientador) – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da UERJ

Prof. Dr. Alexandre Marques Cabral – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da UERJ

Profª. Dra.Izabela Bocayuva – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da UERJ

Prof. Dr. Alexandre Costa – Instituto de Ciências Humanas e Filosofia da UFF

Prof. Dr.Luiz Rohden – Faculdade de Filosofia da UNISINOS

Resumo: O objetivo desta tese é analisar a confrontação de Heidegger com Platão, no que concerne às duas palavras fundamentais da metafísica platônica, idea aletheia. O primeiro capítulo estuda o horizonte hermenêutico em que ocorre essa confrontação, no contexto da segunda fase da obra de Heidegger, após a viragem (Kehre) do seu pensamento: uma meditação histórico-ontológica capaz de saltar para o impensado do outro início, ao destruir a história da ontologia baseada na metafísica da idea, que constitui o primeiro início. O segundo capítulo concentra-se no conceito de idea, nos seus múltiplos aspectos: metafísico, ontológico, teológico, eidético, ótico, apriorístico e dualista. A noção de ideia implica uma transição epocal no sentido filosófico da verdade, considerada não mais como aletheia, mas como correspondência do pensamento à ideia, à entidade dos entes. Esse é o objeto do terceiro capítulo, que relaciona o acontecimento apropriativo do ser (Ereignis) à verdade histórico-ontológica da physis e à verdade metafísica da ideia.

Link: http://bdtd.ibict.br/vufind/Record/UERJ_365c4ebe6fffaf2741879d7e0e3cb7cd/Description#tabnav

Download da Tese de Doutorado.

Idea Aletheia – A confrontação de Heidegger com Platão

Victor Sales Pinheiro

Sumário:

INTRODUÇÃO

  1. CONFRONTAÇÃO HISTÓRICA COM O PRIMEIRO INÍCIO

1.1. Confrontação com a coisa do pensamento

1.2.Metafísica como platonismo: a dominância entificante da pergunta diretriz

1.3. Destruição da história da ontologia

1.4.Viragem ao pensamento histórico

1.5. Meditação histórica do seer

1.6. Passo de volta e epoché do seer

1.7. Salto ao outro início

1.8. Andenken Vordenken: o impensado a ser pensado

  1. IDEA

2.1. Ser como idea

2.2. O sentido eidético da idea

2.3. O sentido ótico da idea

2.4. Idea chorismos: a cisão entre ser e aparência

2.5. A idea como a priori

2.6. A ideia do bem: teleologia e ontologia

2.7. A ideiado bem e a onto-teo-logia metafísica

2.8. A dimensão deveniente, valorativa e niilista da metafísica

  1. ALETHEIA

3.1. O arco reflexivo sobre a verdade

3.2. Aletheia e logos: velamento sofístico e desvelamento dialético

3.3. Da homoiosis (adequatio) à aletheia

3.4. A coerção da liberdade: a verdade das sombras

3.5. A consecução filosófica da liberdade humana

3.6. ‘A teoria platônica da verdade’:a metafísica humanista da paideia ocidental

3.7. História essencial da verdade do seer: o dizer mítico da lethe

3.8. Aletheia e LethePhysis e Ereignis

CONCLUSÃO

REFERÊNCIAS

Deixe uma resposta

×
×

Carrinho