Suma Teológica Antropologia

R$99.00

REF: 3.9 Categoria:

Descrição

Justificativa: A Suma Teológica é um dos livros mais completos e profundos da nossa cultura filosófica e teológica. Seu mérito consiste, sobretudo, na síntese da filosofia de Aristóteles com a revelação cristã, em consonância com a exploração patrística de Agostinho de Hipona. Ademais, a organização intelectual desta obra permite uma iniciação ao mesmo tempo didática e profunda de todas as questões centrais da Filosofia: a Epistemologia (teoria do conhecimento), a Metafísica (Teologia natural), a Filosofia da religião (Cosmologia), a Antropologia (teoria do homem), a Psicologia (teoria da alma), a Ética (teoria das virtudes), a Política (teoria do Estado) e a Estética (teoria da arte e da beleza). Por fim, o método analógico desenvolvido por Aquino é uma forma arguta e válida de pensamento dialético. A proposta é de iniciação à filosofia cristã, não pressupondo conhecimento prévio de qualquer natureza, seja bíblico-teológico, seja histórico-filosófico. Este módulo compreende Antropologia e Psicologia e será seguido por Módulos de Epistemologia e Ética.

Leitura comentada de questões selecionadas da Suma Teológica, baseada, predominantemente, na obra A Summa of the Summa, de Peter Kreeft.

  • Tratado sobre o homem
  • Questão 75: Da alma em si mesma.
  • Questão 76: Da união da alma e do corpo.
  • Questão 77: Do que se refere às potências da alma em geral.
  • Questão 78: Das potências da alma em especial.
  • Questão 79: Das potências intelectivas.
  • Questão 80: Das potências apetitivas em comum.
  • Questão 81: Da sensualidade.
  • Questão 82: Da vontade.
  • Questão 83: Do livre arbítrio.

AGOSTINHO, Santo. Confissões. São Paulo: Paulus.

AQUINO, Tomás de. Suma Teológica. 9 volumes. Edição Bilíngue. São Paulo: Ed. Loyola.  

            ______. Suma teológica. 5 volumes. Trad. Alexandre Correa. São Paulo: Ecclesiae, 2016.  

_____. A Summa of the Summa. Edited and annotated by Peter Kreeft. San Francisco: Ignatius Press.

ARISTÓTELES. Ética a Nicômaco. Tradução e notas Edson Bini. São Paulo: Edipro.

BARRERA, Jorge Martínez. A política em Aristóteles e Santo Tomás. Rio de Janeiro: Sétimo Selo.

BATIST, M. Nascimento da lei moderna. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

DANTE ALIGHIERI. Divina comédia. Tradução, introdução e notas de Cristiano Martins. Com 136 desenhos  de Gustave Doré. 8ª ed. Belo Horizonte: Itatiaia.

CHESTERTON, G. K.. Santo Tomás de Aquino; São Francisco de Assis. São Paulo: Ecclesiae.

COOK, W.; HERZMAN, R. The medieval World View. New York: Oxford University Press.

DAVIES, Brian; STUMP, Eleonore. Oxford Handbook of Aquinas. Oxford: Oxford: Oxford University Press.

FINNIS, Aquinas. Moral, political and legal theory. Oxford: Oxford University Press, 1998.

_____. ‘Filosofia Moral, Política e Jurídica em Tomás de Aquino’. In: Direito Natural em Tomás de Aquino. Sua reinserção no contexto do juspositivismo analítico. Porto Alegre: Sergio Antonio Fabris Editora, 2007. (2005 e 2007)

GARDEIL, Henri-Domonique. Iniciação à filosofia Sto Tomás de Aquino. São Paulo: Paulus.   

GEORGE, R. P. Making man moral – Civil liberties and public morality. Oxford: Clarendon Press, 1993.

GILSON, Etienne. El Tomismo: Introduccion a la Filosofia de Santo Tomas de Aquino. Saragoça: Ediciones Universidad Navarra

____. Espírito da filosofia medieval. São Paulo: Martins Fontes.

____. História da filosofia medieval. São Paulo: Martins Fontes.

____. Introdução às artes do belo. São Paulo: É Realizações.

LEFEBVRE, Mos. Marcel. A vida espiritual segundo São Tomás de Aquino na Suma teológica. Niterói: Ed. Permanência.

KRETZMANN, Norman; STUMP, Eleonore. Cambridge Companion to Aquinas. Cambridge: Cambridge University Press.

MACINTYRE, Alasdair. Justiça de quem? Qual racionalidade. São Paulo: Loyola.

______. Three rival versions of moral enquiry. The Gifford Lectures. University of Notre Dame Press.

_____. God, Philosophy, Universities. A selective history of catholic philosophical tradition. New York: Rowman and Littlefield Publishers.

PANOFSKY, Erwin. Arquitetura gótica e escolástica. São Paulo: Martins Fontes.

PLATÃO: RepúblicaFédon e Górgias. Tradução Carlos Alberto Nunes. Belém: Ed. UFPA.

ROPS, Daniel. A Igreja das catedrais e das cruzadas. História da Igreja Vol. III. São Paulo: Quadrante.

SERTILLANGES, A vida intelectual. São Paulo: É Realizações.

VILLEY, M. A formação do pensamento jurídico moderno. São Paulo: Martins Fontes.

______. Questões de Aquino sobre Direito e Política. São Paulo: Martins Fontes.

WOODS Jr., T. Como a Igreja Católica Construiu a Civilização Ocidental. São Paulo: Quadrante.

AULA 01

Introdução ao Módulo de Antropologia (corpo e alma), Epistemologia (sentidos e inteligência) e Ética (vontade e intelecto)

AULA 02

Intelecto e vontade (amor). Patrística e Escolástica. Influência de Aristóteles.

AULA 03

Criação da criatura corporal. Os erros dualistas (heresia gnóstica). A imaterialidade e a subsistência da alma (q. 65 e 75, a.1-2)

AULA 04

Subsistência e incorruptibilidade da alma. Princípio de individuação. Matéria e forma. (q. 75, a. 3-6)

AULA 05

A unidade substancial alma e corpo. Forma intelectiva e matéria. Dualismo averroísta e platonista (q. 75, a.7; q.76, a. 1-3)

AULA 06

As potências da alma em geral (q. 77, a.1-4)

AULA 07

s potências da alma em geral (I, q. 77, art. 5-8)

AULA 08

As potências da alma em particular (q. 78)

AULA 09

As potências intelectivas (art. 1-3)

AULA 10

Potências intelectivas: intelecto agente, memória intelectual e senstiva, intelecto especulativo e prático (q. 79, a.4-11)

AULA 11

Potências intelectivas (sindérese e consciência), Potências apetitivas (sensibilidade e vontade) (q.79, a.12-13, q.80, 81, 82)

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Suma Teológica Antropologia”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *